Home
Home
Busca
Busca
Forums
Forums
Downloads
Downloads
Links
Links
Agenda
Agenda
Twitter
Twitter
Contato
Contato
Curriculum Lattes
Curriculum Lattes
Your Account
Sua Conta
Compatível Internet ExplorerCompatível FirefoxCompatível Opera
Subscribe Share/Save/Bookmark
Menu Principal
house.gif PrincipalShow/Hide content
tree-T.gif Home
tree-T.gif Forums
tree-T.gif Agendas
tree-T.gif GuestBook
tree-T.gif Contato
tree-T.gif Curriculum_Lattes
tree-L.gif SitesShow/Hide content
tree-T.gif Filmes
tree-T.gif Portal_WAP
tree-T.gif Suporte
tree-T.gif Grupos
tree-T.gif Álbum_de_Fotos
tree-L.gif Webmail

icon_general.gif NotíciasShow/Hide content
Access restricted to our members Submeter
tree-T.gif Tópicos
tree-L.gif Arquivo
projetos.gif ProjetosShow/Hide content
tree-L.gif Projetos
lancamentos_geral.gif Downloads e LinksShow/Hide content
Access restricted to our members Submeter_Download
tree-T.gif Downloads
tree-L.gif Links

icon_community.gif UsuáriosShow/Hide content
Access restricted to our members Lista de Membros
tree-T.gif Sua Conta
tree-T.gif Perfil_do_Fórum
tree-T.gif Grupos_do_Fórum
tree-T.gif Indicação
tree-L.gif Mensagem_Privada
nuke.gif FerramentasShow/Hide content
tree-T.gif SCodeHL
tree-T.gif Encomendas
tree-T.gif Busca Filmes
tree-T.gif Cálculo_Downloads
tree-T.gif Endereçador
tree-T.gif Consulta_CEP
Access restricted to our members EmailSig
tree-L.gif Webmaster_Tools

som_downloads.gif ConectividadeShow/Hide content
tree-T.gif Extranet
tree-T.gif Intranet
tree-T.gif Remotely_Anywhere
tree-L.gif EmuleShow/Hide content
tree-T.gif Emule_Web
tree-L.gif MobileMule
favoritos.gif AdministraçãoShow/Hide content
tree-T.gif PHPNuke
tree-T.gif CPanel
tree-L.gif WHM

menu_pesquisa.gif PesquisaShow/Hide content
tree-T.gif Busca
tree-L.gif Busca Forum
icon_poll.gif EstatísticasShow/Hide content
tree-T.gif Estatísticas
tree-T.gif Pesquisas
tree-L.gif Top 10
menu_infos.gif AjudaShow/Hide content
tree-L.gif FAQ


Busca
Tipo de Busca


Busca Avançada

Monitoramento de Redes de Computadores
Artigos Publicados
Monitoramento de Redes de Computadores:
Trabalhando com a Ferramenta Nagios

Artigo intitulado "Monitoramento de Redes de Computadores: Trabalhando com a Ferramenta Nagios" foi publicado na revista Infra Magazine do Grupo DevMedia, na edição 1.

Autores:
Renata Aparecida Benini
Marcelo Daibert

A revista pode ser visualizada no seguinte link:
Infra Magazine - Edição 1.

Resumo:
As ferramentas disponíveis no mercado para monitoramento de sistemas e servidores permitem realizar uma análise nos processos e seus serviços de forma a identificar o mais cedo possível qualquer falha, buscando assim uma solução do problema antes mesmo que qualquer usuário possa ter notado. O monitoramento de serviços e ativos de rede é uma técnica que busca fazer um monitoramento ostensivo para que, quando houver um problema, os administradores de rede sejam os primeiros a serem notificados.
Neste contexto, o objetivo deste artigo é estabelecer uma análise sobre o monitoramento de redes de servidores e ativos de rede, comparando as ferramentas existentes no mercado como Nagios, The Dude e WhatsUP e estabelecer passos para configuração da ferramenta Nagios. Além disso, é feito um estudo de caso na instituição FAGOC – Faculdade Governador Ozanam Coelho, onde é utilizada a ferramenta de monitoramento Nagios para verificar os serviços de FTP (File Transfer Protocol, Protocolo de Transferência de Arquivos), SSH (Secure Shell), conexão dos servidores de e-mail e web.
Para alcançar os objetivos desse artigo, foi feito um estudo sobre as ferramentas de monitoramento de redes e feita uma comparação sobre os serviços e recursos que as ferramentas disponibilizam. Fazendo uma analogia das ferramentas, foram analisados os pontos fortes e pontos fracos de cada uma delas. Ao final, foi instalada a ferramenta Nagios 3.2.0 no sistema operacional Linux CentOs 5.0, e configurada para monitorar os servidores de e-mail, web, DNS (Domain Name System - Servidor de Nomes de Domínios) e LTSP (Linux Terminal Server Project).
Postado por Marcelo Daibert em 25.07.2011 - 17:15:38 UTC (3605 vizualização(ões))
(comentários? | Pontuação: 4.14)
Versão para impressora Formato PDF
Teste Unitário e de Cobertura para Java Script com JsUnit e JsCovarage
Artigos Publicados
Teste Unitário e de Cobertura para Java Script com JsUnit e JsCovarage:
Uma Abordagem Prática

Artigo intitulado "Teste Unitário e de Cobertura para Java Script com JsUnit e JsCovarage" foi publicado na revista Engenharia de Software Magazine do Grupo DevMedia, na edição 25.

Autores:
Jenifer Vieira Toledo
Elessandro Rodrigues Marques
Marcelo Daibert
Marco Antônio Pereira Araújo

A revista pode ser adquirida através do site:
Engenharia de Software Magazine - Edição 25.

Resumo:
O conceito de teste de software surgiu no final dos anos 50 como uma atividade isolada da Engenharia de Software. Era aplicado de forma manual pelos desenvolvedores com o objetivo de revisar seus códigos fonte. Com o passar dos anos, com esta abordagem sendo aplicada, os projetos passaram a apresentar melhora na qualidade do produto final quando comparados a projetos de software que não aplicavam nenhuma etapa de testes. Mesmo assim, a tarefa de efetuar testes em software foi considerada secundária por algum tempo, chegando a ser vista até mesmo como uma punição para os programadores, ou como uma tarefa onde não se deveria gastar muito tempo e despender grandes investimentos. Além disso, testar software para descobrir os defeitos que desqualificam os produtos para os consumidores era visto como um trabalho tedioso e cansativo, a ser evitado pelos mais artificiosos dos especialistas em tecnologia. Entretanto, a responsabilidade com a qualidade do produto final desenvolvido deve ser levada em consideração e justamente por isso o tema teste de software está em evidência. Nos dias atuais, teste de software é visto como um subitem dentro da Qualidade de Software, sendo que para conseguir tal qualidade é necessário definir padrões de trabalho, métodos e melhorar o processo de desenvolvimento, assegurando de fato que os defeitos sejam identificados o mais cedo possível durante o processo de desenvolvimento de software. O custo de um defeito em um software não deve ser avaliado somente pelo aspecto financeiro. Os softwares são escritos para controlar equipamentos com propósitos mais variados possíveis, como dosagens de medicamentos, exames médicos, construção e controle de aviões, aeronaves espaciais, satélites, entre outros vários sistemas. E, em muitos casos, um defeito pode causar a destruição total de um caro equipamento ou até mesmo em perda de vidas humanas.
Postado por Marcelo Daibert em 13.06.2010 - 22:45:53 UTC (3409 vizualização(ões))
(comentários? | Pontuação: 5)
Versão para impressora Formato PDF
Levantando Exceções no Desenvolvimento de Software
Artigos Publicados
Levantando Exceções no Desenvolvimento de Software:
Uma Abordagem Prática

Artigo intitulado "Levantando Exceções no Desenvolvimento de Software: Uma Abordagem Prática" foi publicado na revista Engenharia de Software Magazine do Grupo DevMedia, na edição 23.

Autores:
Jacimar Fernandes Tavares
Marcelo Daibert
Marco Antônio Pereira Araújo

A revista pode ser adquirida através do site:
Engenharia de Software Magazine - Edição 23.

Resumo:
É fato que todo desenvolvedor, independente da plataforma, também é usuário de várias aplicações, muitas das vezes desenvolvidas por outras pessoas. No nosso dia-a-dia, como usuários de sistemas, nos deparamos com vários softwares de diversos fabricantes, e por sermos desenvolvedores logo pensamos: Eu teria desenvolvido isso de outra forma. A análise critica está presente em todos os seres humanos, e não seria diferente com os desenvolvedores. Quando você se depara com um software que foi modelado de uma forma diferente da que você faria apenas, tudo bem. O problema é quando você vai usá-lo e, percebe que o desenvolvedor não fez uma validação dos campos de forma correta, e na mesma hora você repara que determinados dados inválidos levantam exceções que não foram tratadas, logo o sistema aborta. Mesmo estando na posição de usuário, é frustrante. Neste momento a vontade é de entrar no código fonte e resolver o problema, mas, rapidamente acorda para a realidade e percebe que não tem acesso a ele. Não foi você quem o fez. Sensação semelhante acontece com os outros usuários, que não possuem conhecimentos sobre desenvolvimento, aliás, se quer sabem o que é código fonte. Neste momento, as intenções são diferentes. Ao invés de quererem entrar no código fonte e resolver o problema, eles apenas desistem de usar o software, ou perdem a confiança no produto. É a hora da empresa que desenvolveu a solução começar a jogar dinheiro pelo ralo com manutenção para resolver este problema.
Postado por Marcelo Daibert em 18.04.2010 - 06:02:47 UTC (3863 vizualização(ões))
(comentários? | Pontuação: 5)
Versão para impressora Formato PDF
Gerenciamento de Defeitos em Projetos de Software
Artigos Publicados
Gerenciamento de Defeitos em Projetos de Software:
Introdução à Ferramenta BugZilla

Artigo intitulado "Gerenciamento de Defeitos em Projetos de Software: Introdução à Ferramenta BugZilla" foi publicado na revista Engenharia de Software Magazine do Grupo DevMedia, na edição 22.

Autores:
Jenifer Vieira Toledo
Marcelo Daibert
Marco Antônio Pereira Araújo

A revista pode ser adquirida através do site:
Engenharia de Software Magazine - Edição 22.

Resumo:
Um dos primeiros grandes marcos da história da qualidade foi a revolução industrial, iniciada em meados do século XVIII, quando houve um grande crescimento no número de indústrias substituindo o processo de fabricação manual pelo industrial. Esse processo permitiu a criação de produtos iguais, já que no processo manual manter este padrão nem sempre era possível. Com os avanços tecnológicos e culturais, motivados pelo fenômeno da revolução industrial, houve a necessidade da criação de produtos com algum diferencial, já que nascia ali a concorrência entre empresas, serviços e produtos. Muitas empresas buscaram então aprimorar seus métodos de produção, para que minimizassem as despesas e maximizassem os lucros. Nascia ali um conceito hoje chamado de processo de melhoria contínua de produtos. Mais tarde, a partir da década de 20, a produção industrial passou a se preocupar mais ainda com a qualidade dos produtos, com a finalidade de impedir que produtos com qualquer tipo de defeito chegassem às mãos dos clientes. Nos dias atuais, a qualidade é o grande diferencial para qualquer produto ou serviço que uma empresa possa produzir ou oferecer.
No atual contexto de desenvolvimento de software a qualidade já não é mais um fator de diferenciação no mercado, mas sim, uma condição essencial para que as empresas e profissionais sejam bem-sucedidos. As empresas de software vêm buscando certificações ISO (International Organization for Standardization) e certificações dos modelos de maturidade CMMI (Capability Maturity Model Integration) e MPS.BR (Melhoria de Processos do Software Brasileiro) como meio de comprovar sua qualidade no processo de desenvolvimento de software. Assim, torna-se importante a utilização de métodos e técnicas que permitam avaliar de maneira abrangente a qualidade dos processos e dos produtos de software, garantindo que o usuário receba produtos dentro das especificações definidas e esperadas por ele.
Desde o surgimento da tarefa de desenvolvimento de software, grande parte dos recursos, seja financeiro ou esforço, são gastos na fase de manutenção do software. Segundo Roger Pressman, autor de um dos livros mais famosos de Engenharia de Software, a fase de manutenção pode ser responsável por mais de 70% de todo o esforço despendido para a produção do software. Outros autores, e a experiência de algumas empresas, taxam números semelhantes, o que nos fazem refletir sobre a importância de padrões e processos nas fases anteriores para minimizar esses gastos e esforço com manutenção.
Postado por Marcelo Daibert em 25.03.2010 - 05:01:33 UTC (2881 vizualização(ões))
(comentários? | Pontuação: 5)
Versão para impressora Formato PDF
Programação Orientada a Objetos: C# .NET e Padrões de Projeto
Artigos Publicados
Programação Orientada a Objetos (POO):
Uma abordagem utilizando C# .NET e Padrões de Projeto

Artigo intitulado "Programação Orientada a Objetos: Uma abordagem utilizando C# .NET e Padrões de Projeto" foi publicado na revista .NET Magazine do Grupo DevMedia, na edição 60.

Autores:
Marcelo Daibert
Marco Antônio Pereira Araújo

A revista pode ser adquirida nas bancas ou através do site:
.NET Magazine - Edição 60.

Resumo:
O processo de desenvolvimento de software, principalmente nos últimos anos, passou por uma série de evoluções, justificadas principalmente pelo aumento das necessidades e exigências do mercado. O software passou a ser parte integrante das vidas das pessoas por todo o mundo e empresarialmente uma importante ferramenta de apoio a decisão. Desta forma, estar em sintonia com as mais modernas técnicas de desenvolvimento de software é um importante fator para o sucesso no desenvolvimento de software para um mercado exigente. Neste contexto, a programação orientada a objetos, hoje um padrão no desenvolvimento de software, é uma estratégia de desenvolvimento que busca expressar o problema o mais próximo de como expressaríamos na vida real, contribuindo assim para que o software possa ser mais fiel ao problema que ele esta resolvendo. Este artigo tem o objetivo de abordar de forma prática o desenvolvimento de uma aplicação, usando a linguagem C# do Visual Studio .NET 2008, utilizando os recursos da Programação Orientada a Objetos (POO), do .NET, contextualizando a utilização de alguns padrões de projeto, em especial o padrão DAO (Data Access Object) para persistência e manipulação dos objetos da aplicação. Para armazenar os dados da aplicação desenvolvida é utilizado o banco de dados MS-SQL Server 2005. Toda a aplicação é desenvolvida com o conceito de programação em camadas, também discutido no artigo.
Postado por Marcelo Daibert em 28.03.2009 - 05:21:18 UTC (6866 vizualização(ões))
(comentários? | Pontuação: 0)
Versão para impressora Formato PDF
Testes Automatizados de Software em WebServices - SoapUI
Artigos Publicados
Testes Automatizados de Software em WebServices: Introdução à Ferramenta SoapUI

Artigo intitulado "Testes Automatizados de Software em WebServices: Introdução à Ferramenta SoapUI" foi publicado na revista Engenharia de Software Magazine do Grupo DevMedia, na edição 8.

Autores:
Marcelo Daibert
Jenifer Vieira Toledo
Marco Antônio Pereira Araújo

A revista pode ser adquirida nas bancas ou através do site:
Engenharia de Software Magazine - Edição 8.

Resumo:
Atualmente existem várias abordagens de teste e cada vez mais surgem outras novas. A principal abordagem utilizada atualmente em muitas empresas de desenvolvimento, principalmente as de médio para pequeno porte, é a utilização dos testes manuais. Nela é atribuída a função de testar as aplicações desenvolvidas a um membro da equipe de forma manual. No entanto, esta abordagem é muito ineficaz e demorada. As melhores técnicas de teste são baseadas em algum processo automatizado, onde é possível executar uma maior quantidade de testes, buscando assim testar ao máximo os requisitos de um software. Nesta estratégia, existem algumas técnicas, entre elas testes unitários, testes funcionais, testes de regressão, teste de desempenho, testes em banco de dados, testes em WebService, entre outros.
O objetivo deste artigo é apresentar de forma prática a abordagem de desenvolvimento de software baseada em testes, conceituar a técnica de programação por intenção e exibir a utilização prática da estratégia de teste funcional e de desempenho em WebServices, usando a ferramenta SoapUI, aplicados ao desenvolvimento de WebServices na arquitetura SOA (Service Oriented Architecture – Arquitetura Orientada a Serviços).
Postado por Marcelo Daibert em 16.12.2008 - 03:42:20 UTC (4959 vizualização(ões))
(comentários? | Pontuação: 0)
Versão para impressora Formato PDF
Testes Unitários de Software no Delphi 2007 - nUnit e csUnit
Artigos Publicados
Testes Unitários de Software

Artigo intitulado "Testes Unitários de Software no Delphi 2007 com as Ferramentas nUnit e csUnit" foi publicado na revista Clube Delphi + PHP do Grupo DevMedia, na edição 101.

Autores:
Marcelo Daibert
Marco Antônio Pereira Araújo

A revista pode ser adquirida nas bancas ou através do site:
Clube Delphi + PHP - Edição 101.

Resumo:
Este artigo apresenta de forma prática a abordagem de desenvolvimento de software baseada em testes, conceituando a técnica de programação por intenção e exibindo a utilização prática da estratégia de teste unitário usando as ferramentas de teste unitário nUnit e csUnit no ambiente de desenvolvimento CodeGear Delphi 2007 para .NET. Tanto o nUnit, quanto o csUnit, são compatíveis com qualquer linguagem e ambiente de desenvolvimento .NET.
Postado por Marcelo Daibert em 14.12.2008 - 07:59:26 UTC (4824 vizualização(ões))
(comentários? | Pontuação: 0)
Versão para impressora Formato PDF

 
Selecione uma Página de 3 páginas.
Usuário
Bem-vindo(a) Guest
    Login [Cadastre-se]

Cadastramento:
    Último(a): Joberth
    Total: 1976

Pessoas on-line:
    Visitantes: 0
    Cadastrados: 0
    Total: 0

Fórum
Total de mensagens: 66



 Últimos posts 

 Modelo de formulário de teste de software

 Exercícios - prova concurso

 APF - dúvidas

 Aqui vai um porta de Notícias feito em Joomla

 Concurso Logo do Curso de Computação da FAGC

 CNB YOUR ACCONT + GFX - CÓDIGO DE SEGURANÇA

 Sommaire v3.0b e v2.1.2b com o php-nuke8.1 dá erro

 Menu Sommaire

 Modulo Tarefa :)

 Erro no Scodehl


Entrar no fórum


Downloads
Total de Arquivos: 81
Total de Categorias: 44
Total Downloads: 4818
Total Baixados: 6104.33 MB


Últimas Inclusões
· 1: VIII Semana da Informática FMG: Segurança em Ativos e Servidores de Rede
[Cliques: 12]

· 2: I Semana da Computação IFET Rio Pomba - Segurança em Servidores e Ativos de Rede
[Cliques: 15]

· 3: Semana Unificada FAGOC 2010 - Monitoramento em Servidores e Ativos de Rede
[Cliques: 22]

· 4: Semana Unificada FAGOC 2009 - Segurança em Servidores
[Cliques: 33]

· 5: Script para Atualização de Horário de Verão para Linux
[Cliques: 2]


Mais Baixados
· 1: Tarefas
[Cliques: 569]

· 2: Sms Messenger
[Cliques: 491]

· 3: Persistência de Objetos no Delphi: Introdução ao Framework DePO (Delphi Persistent Objetcts)
[Cliques: 456]

· 4: SMS Oi
[Cliques: 425]

· 5: Intrusos
[Cliques: 397]


Conteúdo
Total de Conteúdos: 10
Total de Categorias: 8
Total Cliques: 18531



Mais Novos
· 1: Rejeitando Spam Através de Listas RBL: Configuração no WHM/Cpanel - EXIM4
[Cliques: 1292]

· 2: Configurando Servidor de Email + Antivirus + Cpanel
[Cliques: 2230]

· 3: Bips das Placas Mães
[Cliques: 1890]

· 4: Funcionamento do PhpNuke
[Cliques: 1901]

· 5: MySql - Parte 4
[Cliques: 1564]


Mais Acessados
· 1: Instalação e Configuração do Apache Server, PHP e MySQL em Windows XP, 2000/2002 ou NT
[Cliques: 3580]

· 2: Configurando Servidor de Email + Antivirus + Cpanel
[Cliques: 2230]

· 3: MySql - Parte 3
[Cliques: 1905]

· 4: Funcionamento do PhpNuke
[Cliques: 1901]

· 5: Bips das Placas Mães
[Cliques: 1890]


Links
Total Links: 13
Total Categorias: 1
Total Cliques: 45685


Últimos Links
· 1: Galeria de Fotos - Palestra FECET
[Cliques: 3330]

· 2: Galeria de Fotos - Palestra IXDEVCON
[Cliques: 3483]

· 3: DevMedia - Edições Anteriores
[Cliques: 3934]

· 4: Galeria de Fotos - Treinamento DevMedia
[Cliques: 3484]

· 5: Galeria de Fotos - WebMobile TechWeek 2007
[Cliques: 3642]


Mais Visualizados
· 1: Curriculum Lattes - Marcelo Daibert
[Cliques: 8453]

· 2: Del.icio.us - MSDaibert
[Cliques: 8031]

· 3: DevMedia - Edições Anteriores
[Cliques: 3934]

· 4: Galeria de Fotos - I InfoTec
[Cliques: 3718]

· 5: Galeria de Fotos - WebMobile TechWeek 2007
[Cliques: 3642]


Powered by  MyPagerank.Net  



Tempo para gerar esta página: 0.27 segundos